segunda-feira, 2 de novembro de 2020

UM BELO DIA DE SOL.

(Praia da Capilha)

Bom dia pessoal, tudo bem?

Ontem fez um lindo dia de sol e pra aproveitar a folga do meu marido, fomos caminhar na praia da Capilha, onde adoramos passar as tardes de domingo.

(Br. 471)

Na ida para a praia, me encantei com a quantidade de flores na beira da estrada, não resisti e parei o carro para tirar algumas fotos.





As dunas estavam coloridas, com flores de vários tamanhos e cores... era difícil caminhar e não se encantar com tanta beleza.


(Aglomeração na frente da igrejinha)

Infelizmente nem tudo são flores... a praia estava lotada de pessoas que foram acampar no feriado e o que me entristeceu, foi ver esse povo todo reunido num dos lugares mais bonitos da praia, próximo a igrejinha que dá o nome ao local, houve aglomeração e pelo que dá pra ver festa com som alto (na madrugada)

É uma pena que nem todos aproveitam a beleza do local sem poluir, seja com lixo ou barulho... haviam várias motos fazendo "rachas" nas dunas, espantando as aves e os bichos que moram naquele lugar. (creio eu que essas pessoas por causa da pandemia não podem se reunir na cidade, então aproveitam pra fazer festas nessa praia que fica afastada)

(Pôr do sol na estrada)

O dia foi terminando e resolvemos sair da praia antes do pôr do sol, mas ele deu um show na beira da estrada, alegrando nosso fim de tarde.

Foram 9 km de caminhada na beira da praia, subindo e descendo dunas, por ter ficado tantos meses sem caminhar e depois de voltar de uma travessia de 10 dias caminhando, acabei sentido dor no joelho direito. ( o qual havia lesionado numa corrida em 2017) isso prova o quanto faz falta fazer atividade física.

Bora cuidar da saúde, usando máscara, álcool gel, cuidando da alimentação e fazendo exercícios.












 

terça-feira, 27 de outubro de 2020

NÓIA... COM AS ENERGIAS RENOVADAS.

(Trajeto da caminhada feita de 16 a 25 /10/2020. )

Bom dia pessoal, tudo bem com vocês?

Depois de 10 dias desconectada do mundo e conectada com a natureza, aqui estou para contar como foi nossa travessia de 190 km, saindo da praia da Capilha até o Farol da Barra do Chuí.

(Live para nos conhecermos)

Como ainda estamos na pandemia, a primeira diferença da outra travessia, foi nosso "briefing" que era no primeiro dia antes da caminhada e dessa vez foi online. Repassaram todos os cuidados diários que teríamos:
* medir a temperatura nos 14 dias antes (e nos outros dias que seguiram.)
* uso de máscara, 
* álcool gel
* manter distanciamento


Então chegou o grande dia (16/10) e como moro no meio do caminho, fiquei esperando a carona do ônibus que nos levaria até a praia da Capilha (onde começa a caminhada) antes de seguir viagem, mediram minha temperatura para saber se estava tudo certo.

(Reencontrando o pessoal que fez Cassino/Chuí em 2018)

Foi ótimo reencontrar a turma que caminhou comigo a "Travessia Cassino/Chuí". Quem quiser saber como foi, está aqui ↓
https://recomecarepreciso2010.blogspot.com/2018/10/alem-do-que-eu-podia-imaginar.html 

(Pôr do sol na praia da Capilha)

Já no primeiro dia fomos presenteados com um lindo fim de tarde, nessa praia que eu amo... 

(Jantar feito pela Paulinha, filha da Bianca)

Depois tivemos um jantar no pátio da casa da Bianca (nossa guia na primeira parte do trajeto) e assim terminamos nosso primeiro dia juntos. 😷


(Cabana que fiquei na praia da Capilha)

Dessa vez, para segurança de todos, tivemos que ficar em quartos separados. (antes eram vários no mesmo quarto) Essa foi a cabana que ficamos a primeira noite, antes da caminhada.

(travessia de barco num canal da praia da Capilha)

17/10 começamos a caminhada pela praia da Capilha e logo tivemos a emoção de atravessar de barco um pequeno canal, muitas risadas e lá seguimos nós...

(Orientações passadas pela Bianca)

Passamos a "Reserva Ecológica do Taim" (a sede estava fechada para visitação) vimos jacarés, capivaras, vários pássaros e um dos momentos emocionantes desse trecho, visitamos uma figueira com mais de 800 anos.

(minha barraca no primeiro acampamento)

Depois do almoço, seguimos nossa caminhada até o Farol Sarita, onde foi montado nosso primeiro acampamento. Minha barraca ficou com o farol nos fundos, parecia uma chaminé de lareira.

(Recolhimento de lixo na beira da praia)

Tivemos um momento muito legal, durante 1 hora recolhemos plásticos, garrafas, tampinhas, pedaços de cordas, etc... deixados na beira da praia pelos navios e outras pessoas que por ali passaram, no total deu 115 kg de lixo.

(Centrinho de higienização)

Na entrada do barracão onde eram feitas nossas refeições, havia um "Centrinho de higienização" com álcool gel, sabonete líquido, água, 3 lixeiras ( lixo orgânico, seco e infectante ) tudo feito para segurança de todos.

(Mesa dividida com plástico )

Durante as refeições as mesas eram divididas com plástico para maior tranquilidade na hora de tirarmos as máscaras para comer.

(Um morador local)

Pela primeira vez, encontrei uma cobra... ela estava quieta e só se moveu pra dar sinal de que estava viva. Seguimos o nosso caminho e ela o dela.

(Comemoração dos 100 km feitos até o Farol do Albardão)

O clima não estava para brincadeira, foram noites frias e alguns dias nublados. Tivemos banhos de riachos (eu só tomei no primeiro dia que estava quente a água) banho de caneca, lenço umedecido.

(Figueira no deserto do Albardão)

Dia 21/10 caminhamos até as figueiras no deserto do Albardão, na madrugada o tempo mudou e caiu um temporal, as barracas sacudiam com os fortes ventos e decidimos não caminhar no outro dia.

(Brincadeiras para passar o tempo)

Com o tempo feio, resolvemos aproveitar o dia conversando, jogando cartas ( esse jogo eu conheço por burro tisnado) alguns tiraram uma soneca e assim as horas foram passando.

(Carona no caminhão da equipe)

Dia 23/10 como não tínhamos caminhado no dia anterior, pegamos carona até um trecho do caminho e de lá seguimos caminhando até o "varal das orações" e terminamos o dia no balneário do Hermenegildo.

(Meu quarto na Pousada Quebra Mar)

Ficamos na "Pousada Quebra Mar", bem legal (cada um num quarto separado) e de lá sairíamos no outro dia, para o último trecho.

(As divas de 2018)

Dia 24/10 aqui estamos nós (novamente juntas) prontas para percorrer o trajeto até o farol do Chuí... o dia estava com uma neblina densa, quase não dava para avistar o farol na chegada.

(Chegada no farol do Chuí)

Juntos saímos da praia da Capilha, e assim chegamos ao final de mais essa travessia. Foram dias maravilhosos (bem diferentes da travessia de 2018) com um certo zelo por ainda estarmos em meio a  pandemia, mas valeu a pena. Fiz novas amizades, reencontrei "velhos" amigos.

(Pronta para o jantar de confraternização)

Do farol, fomos almoçar no Chuí, alguns fizeram compras e de lá voltamos para a pousada no Hermenegildo. A noite tivemos um jantar de confraternização, muita risada, comida boa e aquele gostinho de quero mais. Domingo dia 25/10 pegamos o ônibus de volta ao nosso "novo normal" com as energias renovadas.
( lembranças das caminhadas)

Resumindo: Só trago boas lembranças dessa caminhada, até meus pés chegaram sem nenhuma bolha e isso fez toda diferença.

(Equipe Caminho dos Faróis)

Agradeço essa equipe que sempre deram toda atenção aos caminhantes, seja orientando, furando bolhas, cantando, cozinhando, providenciando banho quente, etc... Amo estar com vocês!

(Nosso despertador no acampamento era essa canção)

Agradeço aos caminhantes que viveram essa aventura ao meu lado:
Margarete, Carol, Lucy, Neli, Adriana, Bruna, Isabel, Elisa, Naldo, Carlo, Mauro, Sebastião e  Alberto. Um abraço especial ao nosso motorista, sempre atencioso com todos.

Quem sabe um dia a gente se encontra... Até a próxima!


Como diz o Spock...


Obs: "Algumas fotos eu copiei dos meus colegas caminhantes."
Quem quiser fazer essa aventura é só acessar:
https://www.caminhodosfarois.com.br/











































 

sábado, 10 de outubro de 2020

NÓIA...SONHANDO COM A PRÓXIMA TRAVESSIA.

(foto tirada na Praia da Capilha/RS.)
 

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje não quero falar de pandemia, número de casos. Infelizmente, creio que ainda vai longe essa situação que estamos vivendo... e como muitas pessoas, estou me adaptando ao "novo normal".

(foto tirada dia 16/10/2018 na Travessia Cassino/Chui)

Desde 2018 quando fiz 235 km da Praia do Cassino até a Barra do Chui, tenho me apaixonado por longas caminhadas (na verdade eu adorava caminhar no mato, dentro dos riachos,nas férias de infância, mas cresci e parei de caminhar) e foi nessas caminhadas que me reencontrei.
Se quiser saber como foi essa travessia é só clicar aqui 👇
(foto tirada dia 06/04/2019 no Caminhando Pelo Taim)

Em abril / 2019 fui com um grupo de amigos até o Farol Sarita, caminhada boa 
de 25 km e aquele gostinho de quero mais...

(foto tirada em Agosto/2019 no Caminhos de Caravaggio)

Em agosto / 2019 fiz 200 km na Serra Gaúcha junto com uma amiga, e foram 9 dias caminhando em lugares espetaculares. 
Quem quiser saber como foi, é só clicar aqui 👇 


Esse ano tinha planos de ir para Paraty / RJ caminhar com o grupo "Sol de Indiada", mas a pandemia chegou para mudar tudo. 

Sem sair para caminhar aqui dentro da cidade, estava desanimada por não poder fazer outra travessia.


O pessoal que fez Cassino / Chuí estão planejando fazer "Caminhos dos Faróis", saindo da Praia da Capilha até a Barra do Chuí. 
Seguindo todas as regras de proteção, tipo:
* Uso de máscara 😷
* Álcool gel 
* Mantendo distanciamento
* Barraca individual⛺

Depois de uma bela surpresa, surgiu a oportunidade de participar dessa aventura.

(foto tirada na Praia da Capilha)

Então, tenho feito caminhadas de uns 10 km na praia da Capilha e aqui na cidade (sempre usando máscara e levando álcool gel) também tenho treinado em casa para fortalecer a musculatura e me preparar para mais uma travessia.

O contato com a natureza é transformador!
Posso ficar sem celular, internet, tv... mas, não consigo ficar sem o cheiro da terra molhada, o calor do sol, a brisa no rosto, o barulho das ondas e o prazer de caminhar por novos caminhos. Espero que tudo corra bem e que eu volte revigorada.

Que Deus nos guarde, com saúde e fé em dias melhores.

Até a volta!